Em todas pesquisas relacionadas a Computação em Nuvem dos últimos anos, Segurança e Privacidade lideram a lista de preocupações das empresas ao pensar na migração para este modelo. A Cloud Security Alliance (CSA), liderou as iniciativas de conscientização em Segurança de Computação em Nuvem, lançando no mercado inúmeros projetos, dentre eles a certificação Certificate of Cloud Security Knowledge (CCSK).

Em abril de 2015, a (ISC)² – líder no mercado de certificações para Segurança da Informação – juntou forças com a CSA – pioneira em Segurança para Computação em Nuvem – e lançou nos Estados Unidos a certificação Certified Cloud Security Professional (CCSP). A certificação tem lançamento no Brasil previsto para acontecer no (ISC)² Security Congress Latin America, em Novembro.

Muitas dúvidas surgiram juntamente com o lançamento da certificação, uma delas é se as certificações são concorrentes. Não, não são! A certificação CCSK é voltada para identificar profissionais com conhecimento em Segurança de Computação em Nuvem, com base nas pesquisas e boas práticas indicadas pela CSA e no relatório de riscos da ENISA. Já a certificação CCSP abrange, além do conhecimento, aspectos práticos do tema e não se restringe aos documentos usados na certificação CCSK.

Dessa forma, as certificações são mais complementares entre si, do que concorrentes.

Uma das principais diferenças entre as certificações é no conteúdo. Para obter a CCSK, o conteúdo do exame é limitado ao documento da CSA (CSA Guidance) e ao relatório de riscos da ENISA. Já para obter a certificação CCSP, o conteúdo é mais amplo do que os documentos citados, além de cobrar a aplicação prática deste conhecimento.

Da mesma forma que as certificações possuem conteúdos diferentes, também possuem público alvo diferente. A certificação CCSK é indicada para profissionais iniciando no mercado de Segurança de Computação em Nuvem ou gestores e profissionais envolvidos em projetos de Computação em Nuvem que não estão diretamente ligados com as atividades técnicas e práticas. Já a certificação CCSP é indicada para profissionais técnicos mais experientes e com contato direto em alguma disciplina de Segurança de Cloud Computing.

Uma boa opção é usar a CCSK como preparação para a certificação CCSP.

Sobre o autor

Leonardo Goldim é especialista em Segurança de Computação em Nuvem, membro do Certification Board da CSA, onde colaborou com o desenvolvimento da certificação CCSK, e representante da CSA na parceria CSA x (ISC)² para o desenvolvimento da certificação CCSP.